Coleção Cerebrus Pifadus

Código: LIP0167 Marca:
R$ 210,00 R$ 189,00
até 2x de R$ 94,50 sem juros
ou R$ 179,55 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 189,00 sem juros
    • 2x de R$ 94,50 sem juros
  • R$ 179,55 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
SOBREConheça a coleção Cerebrus Pifadus! Escrito por Carmem Beatriz Neufeld e Aline Henrique Reis, esta coleção aborda as distorções cognitivas de uma forma divertida e com fácil compreensão. Além de explicar o que são assuntos como pensamento dicotômico, visão em túnel, raciocínio emocional, leitura mental, personalização e catastrofização, ele também mostra como superar esses problemas, sendo assim um ótimo auxílio para psicoeducar crianças.
 
IRRACIONALIEN: VENCENDO O RACIOCÍNIO EMOCIONAL
O raciocínio emocional é uma distorção cognitiva que leva as pessoas a pensarem conforme a tonalidade emocional que vivenciam em um dado momento. Por exemplo, se estão ansiosas ou preocupadas, é sinal de que algo ruim vai acontecer. O Irracionalien fez Murilo acreditar que os amigos tinham ciúmes e estavam contra ele. Para enfraquecer o alien, o menino usou a análise racional, ou seja, refletiu sobre explicações alternativas para o comportamento dos amigos que não aquele que sentia como sendo verdade. Os temas abordados são frustração, merecimento, autoindulgência e desconfiança.
 
ADIVINHALIEN: REESTRUTURANDO A LEITURA MENTAL
A leitura mental é uma distorção cognitiva muito frequente. É muito comum pensarmos que sabemos o que os outros estão pensando. Às vezes, até estamos certos, mas o problema é que não temos como ter certeza e passamos a agir como se o que acreditamos fosse verdade. Nesta história, quando o Adivinhalien ganhou força, Bruna começou a pensar que a mãe sabia sobre um segredo que estava guardando e Tainá pensou que Bruna não era mais amiga dela. Uma grande confusão causada pelo alien. A história é sobre segredos, amizade e o peso de uma omissão, pano no fundo para que o Adivinhalien ganhe força.
 
CULPALIEN: LIDANDO COM A PERSONALIZAÇÃO
A distorção cognitiva personalização faz com que acreditemos que o comportamento dos outros se deve a algo que fizemos e, em geral, nos faz sentir temerosos ou culpados. A história apresenta o Culpalien que, ao se aproximar de Sandra e Giovana, influencia a maneira como as meninas percebem os acontecimentos. O tema de fundo da narrativa reflete sobre autoestima e autoeficácia. Podem ser identificadas crenças centrais subjacentes que envolvem a ideia de inferioridade, inadequação e incapacidade, trazendo ainda a temática de fracasso e defectividade.
 
CEGUETALIEN: FLEXIBILIZANDO A VISÃO EM TÚNEL
Esta história ilustra a distorção cognitiva visão em túnel. Essa distorção faz com que prestemos atenção aos aspectos negativos de uma situação, ignorando explicações mais realistas e aspectos positivos presente. Neste livro, os pais de Jorge cometem um erro com o filho: prometem algo que não cumprem. Diante disso, o Ceguetalien se torna forte e presente nos pensamentos do menino que passa a sentir muita raiva dos pais e passa a acreditar que não pode mais confiar neles, além de ter a ideia de que não tem valor para eles. A partir daí, ilustra como os pais podem reagir diante de situações semelhantes, trazendo um modelo de relação parental. Versa também sobre a desconfiança que o menino passa a ter e as estratégias para manejar a visão em túnel.
 
EXAGERADALIEN: LIDANDO COM A CATASTROFIZAÇÃO
Esta história ilustra a distorção cognitiva catastrofização. Quando fazemos essa distorção, pensamos que algo muito ruim acontecerá e que não teremos recursos para lidar com isso. Este livro traz o Exageradalien, que perturba o personagem Bruno que precisará ir a um acampamento, mas não quer ir por acreditar que passará vergonha devido à dependência que tem da mãe para realizar atividades cotidianas. Temas importantes, como aquisição de autonomia, autoeficácia, autoconfiança são apresentados neste volume, que faz parte da Coleção Cerebrus Pifadus.
 
EXTREMALIEN: VENCENDO O PENSAMENTO DICOTÔMICO
Esta história ilustra a distorção cognitiva pensamento dicotômico, também chamada de pensamento preto ou branco ou ainda tudo ou nada, que nos leva a perceber as situações em dois extremos, em vez de um continuum. Este livro traz o Extremalien, um alienígena que cresce e influencia nossos pensamentos, nos conduzindo à ideia de que uma situação pode ser de um jeito e de outro. A personagem Taís, uma menina que está com dificuldades de leitura em sala aula, apresenta essa distorção. Temas como autoeficácia, autoestima e autoconfiança são abrangidos neste volume, que faz parte da Coleção Cerebrus Pifadus.
 

Produtos relacionados

R$ 210,00 R$ 189,00
até 2x de R$ 94,50 sem juros
ou R$ 179,55 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

Roberta Carvalho Tavares Lopez 07977458829 - CNPJ: 31.969.681/0001-24 © Todos os direitos reservados. 2020